Seguidores

agosto 30, 2013

.Como se pronuncia a letra G?

Imagem encontrada AQUI.
A pronúncia da letra G é uma questão não consensual que tem feito correr muita tinta. Na escola primária aprendi a dizer “guê”, enquanto a minha mulher, noutra escola, aprendeu a pronúncia “gê”. Esta divergência aplica-se bem a Portugal: uns dizem “guê”, outros preferem “gê”. Quanto ao Brasil, parece que, à exceção do Nordeste, o habitual é pronunciar-se “gê”.
E surge a dúvida: há uma pronúncia correta ou ambas são legítimas?
Eis o que apurei:
1.   O Formulário de 1911 (bem como o de 1943, aplicado no Brasil) e o Acordo de 1945 não se referem à pronúncia da letra G.
2.   O grande Rebelo Gonçalves, no seu Vocabulário de 1967, registou: "gê”, mas também aceita a designação “guê”.
3.   Se há dicionários, como o Aulete e o Michaelis (ambos do Brasil), que apenas admitem a pronúncia “gê”, muitos outros validam “gê” e “guê”: Houaiss e Aurélio, do Brasil; Infopédia e Priberam (Portugal); Grande Enciclopédia Portuguesa e Brasileira e Dicionário da Academia das Ciências de Lisboa; VOLP da Academia Brasileira de Letras e VOP do Portal da Língua Portuguesa.
4.   Finalmente, também os consultores do Ciberdúvidas admitem as duas formas de pronunciar. É o caso de Regina Rocha, que acrescenta: “A sua primeira designação é a de guê, correspondente à pronúncia clássica latina”.
Perante o exposto, parece-me razoável concluir que:
É indiferente dizer «guê» ou «»...
Ambas as pronúncias estão corretas!
Nota: O texto do Novo Acordo Ortográfico também consagra as duas formas de pronunciar.
Abraço.
António Pereira


8 comentários:

  1. O que é curioso é que todos pronunciam "gê" nas siglas: GNR, GPS, etc.

    ResponderEliminar
  2. No Brasil todos aprendemos a pronunciar "gê".

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. As conclusões do artigo sustentam-se nas fontes identificadas.
      Em relação ao Brasil, tenho a informação que no Nordeste existe a pronúncia "guê".
      Cumprimentos.

      Eliminar
    2. Sim, no Nordeste do Brasil a forma guê era comum, e é ainda muito usada, por exemplo, na Bahia. O anônimo que declarou por todo o Brasil não conhece os usos na nossa região.

      Eliminar
  3. Antônio,
    Muito obrigada por postar o comentário. É muito desconhecimento!
    Se tiver interesse, acompanhe a discussão sobre os nomes das letras no meu blog: http://oficinasdealfabetizacao.blogspot.com.br/
    Lica

    ResponderEliminar
  4. Presentemente em Angola muitas pessoas prunciam a letra como "ge", contudo, eu aprendi na Escola primária em 1973 que a letra era "gue". <no entanto partilho da ideia do Dr. Atónio Pereira que as duas formas de pronunciamento são aceites.
    Um abrqaço

    Zezé

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Zezé.
      Obrigado pelo comentário.
      Um abraço.
      AP

      Eliminar